Sunny Day Real Estate: Monumento Inabalável

Quando o perigoso pântano de mesmice do cenário musical acessível começa a infectar seus ouvidos (até quando você não procura ouvir) com bandas cada vez mais genéricas, você começa a se lembrar de quando era um adolescente nos anos 90. O cérebro automaticamente visita o tempo em que ligar o rádio no horário certo significava ouvir Alice In Chains, Mad Season, Smashing Pumpkins, Jane’s Addiction e outras maravilhas do rock da época.

Depois de tirar o pó de alguns LPs e Cds dessas bandas e passar uma tarde inteira revivendo glórias passadas, eu fico me perguntando quando foi que tudo aquilo teve um ponto final. Não que as rádios estivessem livres de porcarias, mas não era preciso procurar muito para encontrar algo agradável. Claro que existem bandas atuais excelentes, mas aquele período capturou uma essência crua e honesta do que era uma banda de rock.  Na minha opinião, o ponto final dos anos 90 aconteceu, na verdade, em 20 de junho de 2000 quando uma banda, ainda desconhecida, lançou seu 4° e último álbum: The Rising Tide do sensacional Sunny Day Real Estate.

Esta pequena jóia representa a conquista perfeita do som cativante e épico do Sunny Day Real Estate. Assim como o título do álbum indica (A Maré Ascendente), as poderosas composições vem com força e determinação em pesos como “Killed By an Angel” e “One” e voltam para acalmar o ouvinte com baladas que perfuram o mais duro coração (Tearing In My Heart). “Television” empolga pelo simples fato de lembrar um The Police mais pesado, sem sacrificar a melodia enquanto “Fool In The Photograph” homenageia sonoridades profundas do oriente médio, emprestando uma seriedade ainda maior para as letras do gênio Jeremy Enigk:

Me and the fool in the photograph
A soul many times revealed
The scars only half concealed
I wonder how many days I’ll bleed
With the words I refuse to form
Now I will be free

Esse vídeo é um bom exemplo de como Sunny Day Real Estate era bom no que fazia e como a simplicidade de quatro caras fazendo um som é superior à popularidade enfeitada de um produto de uma grande gravadora. Sempre fico feliz quando vejo uma banda em que todos os integrantes estão entregues de corpo e alma na música que estão tocando:

A produção do álbum é impecável: arranjos de cordas e teclados são utilizados apenas para aprimorar a sonoridade honesta da banda tornando possível distinguir cada instrumento, cada backing vocal e cada peça da bateria. O vocal de Jeremy Enigk é peculiar. Um timbre de voz sofrido que encaixa apenas no universo de Sunny Day Real Estate. The Rising Tide é descaradamente volumoso, limpo e direto. Perfeições musicais como “Snibe” são motivo o suficiente para que uma banda como Sunny Day Real Estate continuasse na ativa por décadas. A faixa título é uma das melhores, misturando harmonias graciosas, vocais sinceros e um ritmo insistente que escala para um final misterioso.

Complexo e explorador sem tirar o estilo exaltado da banda, The Rising Tide é o melhor disco do Sunny Day Real Estate. Uma obra de arte que há 11 anos visita pelo menos uma vez por mês a “vitrola” aqui de casa. Pra quem conhecia já da época, sabe que esse álbum é um monumento inabalável na história do rock alternativo. Pra quem não conhece, fica ai a dica de 11 composições concebidas em pura e sincera emoção humana. Obrigatório.

Anúncios
Esse post foi publicado em Música, Music. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s